Reino Unido na lista de quarentena, as carruagens compradas a Espanha e outros destaques TSF

A TSF recupera ainda as emoções do último jogo da seleção nacional no Euro 2020. Nestes destaques para ler ao meio-dia, saiba ainda o que trava o recebimento do cheque 112 milhões de euros ao Novo Banco e leia a entrevista com a eurodeputada Lídia Pereira, preocupada com a geração de millennials.

A passagem aos quartos-de-final ia sendo verdade, mas não foi. A seleção portuguesa ficou pelo caminho no Euro 2020, e a TSF faz-lhe uma síntese da partida da última noite. Para ler aqui.

Quem também já não passa sem escrutínio são os turistas com origem em território britânico. Da madrugada chega a notícia da inclusão do Reino Unido na lista de países cujos cidadãos serão sujeitos a quarentena de 14 dias após entrada em Portugal continental. O despacho publicado pelo Governo entra em vigor esta segunda-feira. Saiba tudo aqui.

A atletas competidores em 23 provas internacionais em Portugal será, no entanto, dada a isenção de quarentena, "independentemente da origem dos respetivos participantes". Conheça a lista detalhada, aqui.

Pais com menos de 15 horas para se organizarem, e diretores de escolas do Algarve "apanhados de surpresa". No Algarve, estão suspensas as aulas presenciais do primeiro e segundo ciclos, nos concelhos de Albufeira, Faro, Loulé, Olhão e São Brás de Alportel. A medida foi recebida com espanto por ter avançado "muito em cima do acontecimento". Leia toda a história aqui.

O Novo Banco não vai receber para já os 112 milhões de euros retidos pelo Fundo de Resolução. Apesar de o cheque total aprovado pelo Governo em Conselho de Ministros ter sido no valor de 429 milhões de euros, o Novo Banco viu este montante ser cortado no princípio do mês. Para compreender melhor, a TSF explica-lhe tudo aqui.

Vale a pena também parar para ler este capítulo da recuperação das ligações ferroviárias no país. Com uma remodelação que vai "ao osso", há carruagens compradas a Espanha que vão começar a circular. Entram como sucata e saem como novas. Leia aqui a reportagem da TSF.

"Podermos viver pior do que a geração anterior é uma expectativa frustrante." Quem o diz é a eurodeputada Lídia Pereira, millennial, de 29 anos, que, nesta entrevista à TSF, critica a "resignação" do poder político perante a "falta de oportunidades" para os jovens.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de