Casos diários chegam a 7400 dentro de duas semanas, 2,5 milhões de doses até janeiro e outros destaques TSF

Portugal tem registado uma duplicação de casos a cada 15 dias.

O matemático Óscar Felgueiras alerta, esta quarta-feira, que Portugal pode registar 7400 casos diários de Covid em cerca de duas semanas. "Temos estado numa situação de crescimento exponencial e o Rt está em 1,20, o que significa que estamos aqui com um tempo de duplicação de casos na ordem das duas semanas", explicou em declarações à TSF.

O boletim de hoje dá conta de mais 17 mortes e 3773 novos casos de Covid no país.

O Ministério da Saúde está a rever o plano de vacinação contra a Covid-19 e tem agora o objetivo de administrar 2.500.000 doses de reforço até janeiro. A diretora-geral da Saúde espera também poder, em breve, avançar com a vacinação de crianças.

No que respeita aos vacinados com Janssen, os centros de vacinação vão estar abertos durante quatros dias do mês de dezembro para que os maiores de 50 anos possam receber a dose de reforço.

O PS quer ver reforçada a segurança nas fronteiras portuguesas para impedir a entrada de infetados no país. José Luís Carneiro admitiu também que o regresso do teletrabalho pode ser uma estratégia acertada para combater a pandemia.

Do Canal da Mancha chegam, de novo, notícias de um naufrágio. Pelo menos 31 migrantes morreram a tentar a travessia.

A equipa de enfermagem de cirurgia Poente do Hospital de Faro diz não estar "em condições de assegurar a vida e a segurança das pessoas" e os cuidados de enfermagem aos seus doentes, "não obstante estar a desenvolver todos os esforços para evitar qualquer incidente."

A Organização Mundial da Saúde alerta que a variante Delta, a mais contagiosa das variantes do coronavírus que causa a Covid-19 e dominante no mundo, reduziu para 40% a eficácia das vacinas contra a transmissão da infeção.

O CDS marcou, para esta sexta-feira, um Conselho Nacional para preparar as legislativas de janeiro.

As buscas ao Sporting de Braga e Vitória Sport Clube acabaram com o Ministério Público (MP) a constituir "cinco arguidos, três pessoas singulares e duas coletivas", na segunda fase da designada operação Fora de Jogo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de