Cemitérios em Lisboa abertos no fim de semana mas com controlo de entradas

Capelas vão estar encerradas.

Os cemitérios de Lisboa vão estar abertos no fim de semana e na segunda-feira nos horários habituais, mas haverá controlo de entradas, o uso de máscara será obrigatório e as capelas estarão encerradas, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Em comunicado, a autarquia adianta que os cemitérios de Lisboa estarão abertos "nos dias de Fiéis Defuntos e de Todos-os-Santos" nos horários habituais, mas, "perante o contexto atual de pandemia de Covid-19 e atendendo às medidas emanadas pelo Governo sobre esta matéria", irão existir um conjunto de procedimentos e medidas que devem ser cumpridos nesses dias.

Assim, haverá controlo de entradas e serão criados circuitos de entrada e saída, "com recurso a baias, sinalética e informação dos vigilantes no local", e não serão permitidos ajuntamentos superiores a cinco pessoas, salvo se forem do mesmo agregado familiar.

O uso de máscara será obrigatório dentro do cemitério e as missas que habitualmente são celebradas nesses dias nas capelas dos cemitérios, que estarão encerradas, não se irão realizar.

As salas de espera estarão igualmente encerradas e o atendimento nos serviços administrativos dos cemitérios de Lisboa no fim de semana e na segunda-feira será feito, exclusivamente, por marcação. Haverá, contudo, a possibilidade de serem prestadas informações por telefone ou através e 'email'.

No cemitério do Alto de São João, dada a sua dimensão, estarão em funcionamento os mini-autocarros existentes, continuando a sua capacidade limitada a oito passageiros.

A Câmara de Lisboa informa ainda que a polícia municipal irá reforçar o número de efetivos que habitualmente estão à porta dos cemitérios nestes dias.

Na semana passada, o Conselho de Ministros aprovou uma resolução que determina a proibição de circulação entre diferentes concelhos do território continental no período entre as 00:00 de sexta-feira e as 00:30 de terça-feira, o fim de semana que corresponde ao Dia de Finados.

Em relação aos cemitérios, o Governo indicou que "o horário e o modo de funcionamento são uma competência das autarquias locais e assim continuará a ser durante este período".

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 43,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.371 pessoas dos 124.432 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LEIA AQUI TUDO SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de