Cenário "dantesco" no aeroporto de Lisboa, urgências de Portimão encerradas e outros destaques TSF

Também para ler nos destaques desta manhã está a inflação, que continua a subir. De acordo com o INE, há 29 anos que os preços não subiam tanto, batendo recordes em maio ao atingir os 8%, mais 0.8 pontos percentuais do que no mês anterior.

A manhã informativa da TSF desta terça-feira fica marcada pelos atrasos e longas filas no aeroporto de Lisboa. Uma inspetora do SEF garante que as filas vão continuar, mesmo com o plano de contingência do governo. Também à TSF, o presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo traça um cenário "dantesco" que põe em causa o crescimento e a procura do turismo. Já a Associação Socioprofissional da Polícia vai lançar uma campanha nos aeroportos para dizer aos passageiros que estejam nas filas que a responsabilidade não é dos agentes da PSP.

Destaque também para o serviço de urgência de ginecologia e obstetrícia da Unidade Hospitalar de Portimão que estará encerrado durante quase uma semana. À TSF, o diretor clínico do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA) adianta que "foi a incapacidade da pediatria aguentar os dois serviços" que levou a esta decisão.

Na Ucrânia, as autoridades denunciaram que as forças russas destruíram todas as pontes de Severodonetsk, na província de Lugansk. Já o chefe da Polícia Nacional anunciou que foi aberto um processo penal para investigar a morte de mais de 12.000 pessoas, a maioria delas encontradas em valas comuns.

O Presidente ucraniano disse que o custo humano da batalha de Severodonetsk, uma cidade estratégica no leste do país, é "aterrador" e será lembrada como uma das mais violentas de sempre na Europa.

António Guterres referiu que o "caos climático" agravou-se devido ao aumento do consumo de combustíveis fósseis provocado pela guerra na Ucrânia e pela falta de intervenção dos Estados contra o aquecimento global.

Pode acompanhar tudo o que se passa no 114.º dia de guerra entre a Rússia e a Ucrânia aqui:

Também na ordem do dia está a varíola dos macacos. A Direção-Geral da Saúde confirmou mais 22 casos de monkeypox em Portugal. O total de doentes no país sobe, assim, para 231.

A inflação continua a subir. A escalada dos preços voltou a bater recordes em maio ao atingir os 8%, mais 0.8 pontos percentuais do que no mês anterior. De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), há 29 anos que os preços não subiam tanto.

Esta terça-feira é noite de superlua em Portugal. É a primeira do ano e será visível a partir das 23h22.

Por fim, a escritora norte-americana que escreveu um ensaio intitulado "Como Matar o seu Marido" foi condenada a prisão perpétua esta terça-feira por matar o marido. A mulher de 71 anos terá assassinado o marido com quem estava casada há 26 anos para receber 1.5 milhões dólares (cerca de 1.4 milhões de euros) em seguros de vida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de