Centenas de voluntários começam este sábado operação de limpeza das praias

Fundação Oceano Azul está a agrupar todas as iniciativas.

Está a começar, este sábado de manhã, uma operação para limpar as praias e outras zonas costeiras em todo o país. A operação estende-se durante a semana, mas só para o primeiro dia estão prometidas mais de 160 ações, no continente e nas ilhas.

A fundação Oceano Azul está a agrupar todas as iniciativas e a diretora do projeto, Flávia Zurga Silva, conta recolher bastante lixo apesar de estarmos no final do verão.

"Nesta altura do ano, sendo fim da época balnear, o lixo é reduzido comparativamente com outras épocas em que poderíamos fazer esta campanha e, ainda assim, ainda se encontra agora muitos vestígios do lixo que o turista e banhista deixa na praia nesta época balnear. Estamos a falar daqueles items de uso único como tampas de garrafas, garrafas, latas e guardanapos. Tudo aquilo que podemos pensar que os banhistas levam para a praia e acaba por voar ou ser mesmo abandonado no areal", explicou à TSF Flávia Zurga Silva.

A diretora do projeto nota que, nos últimos anos, tem havido uma mudança do tipo de lixo encontrado nas praias.
"Há dois anos era impensável encontrarmos máscaras na praia ou luvas. Nos últimos dois anos têm sido daqueles items de que houve um crescimento exponencial e este ano encontram se ainda mais do que se encontrava no ano passado. Entre os materiais descartáveis foi visível, nos últimos anos, a diminuição dos sacos de plástico que foram encontrados na praia", revelou a diretora do projeto.

Desde 2019, quando a fundação Oceano Azul começou a juntar todas as iniciativas, já foram recolhidas 134 toneladas de lixo marinho em mais de 800 ações de limpeza costeira, que envolveram mais de 14 mil voluntários e 200 organizações. A maioria das ações é feita por voluntários anónimo, mas está também prevista a participação de várias escolas do programa Educar, promovido pela fundação Oceano Azul.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de