Tempestade causa apagão total na Madeira e ruas transformaram-se em ribeiras

Além das inundações, falta de eletricidade foi causada por raio e durou mais de duas horas.

A chuva forte sentida na noite deste sábado na Madeira causou inúmeras inundações no Funchal.

Os Bombeiros Municipais do Funchal ficaram sem mãos a medir com tantos pedidos de ajuda devido a inundações em casas, lojas e parques de estacionamento. Estradas e avenidas transformaram-se em verdadeiras ribeiras.

Pelas 21 horas o presidente da Câmara Municipal do Funchal relatava à TSF que toda a ilha estava sem eletricidade.

Miguel Gouveia explica que a tempestade teve algo que não é muito comum: muitas descargas atmosféricas com relâmpagos e raios a caírem em terra que provocaram alguns pequenos focos de incêndio e alguns acidentes rodoviários pois as ruas e estradas estavam completamente alagadas.

O corte geral de energia na ilha da Madeira aconteceu, aliás, logo a seguir a dois raios fortes que, segundo o autarca, fizeram "estremecer o Funchal".

O Governo Regional confirmou, entretanto, que o apagão aconteceu "na sequência de uma descarga elétrica numa linha entre a Calheta e o Funchal, que provocou diversos constrangimentos, fazendo com que o sistema na Central Térmica da Vitória fosse abaixo".

O Diário da Notícias da Madeira revelou pela 23 horas que a luz começava a surgir por essa altura em "alguns pontos da região" e pelas 00 horas os Bombeiros do Funchal e o presidente da autarquia confirmaram à TSF que o apagão já estava resolvido em praticamente toda a ilha.

O autarca do Funchal, Miguel Gouveia, explicava pela mesma hora que várias estradas e ruas mantêm-se cortadas.

Recorde-se que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou este sábado a Costa Sul e as regiões montanhosas da Madeira em aviso vermelho devido às previsões de chuvas fortes, por vezes granizo, com o resto da ilha com aviso laranja.

Para este domingo o IPMA mantém parte da Madeira com aviso laranja e existe a possibilidade de voltar a cair chuva forte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de