Novo máximo de doentes em cuidados intensivos. Vacinação divide portugueses

Pelo terceiro dia, Portugal regista um novo máximo de doentes internados em cuidados intensivos. São agora 536, mais sete que no sábado. Portugueses querem tomar vacina contra a Covid-19 assim que possível mas estão divididos quanto à obrigatoriedade da mesma.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de