Conheça as instituições de Ensino Superior com aulas e atividades já suspensas

Todos os pormenores sobre as suspensões de atividades letivas e eventos nas instituições de Ensino Superior do país, anunciadas até às 19h54 de terça-feira.

O surto de Covid-19 está a motivar, desde a semana passada, o encerramento ou o condicionamento do acesso a serviços públicos, escolas, hospitais e outros equipamentos em Portugal, por prevenção ou devido a casos suspeitos e confirmados. Muitas universidades e instituições de Ensino Superior no país suspenderam as atividades letivas e encerraram instalações, como medida de contenção da propagação do vírus.

Instituições de Ensino Superior com aulas e atividades suspensas

Universidade de Lisboa

As Escolas da Universidade de Lisboa vão suspender todas as atividades letivas presenciais e vão optar "por outros meios de ensino, permitindo o acompanhamento das atividades escolares, através de instrumentos de ensino à distância" durante, pelo menos, duas semanas. Em comunicado, a Universidade anuncia ainda a suspensão do funcionamento de bibliotecas, salas de estudo e refeitórios de alunos dos Serviços de Ação Social, assim como as atividades físicas e desportivas praticadas no Estádio Universitário.

Universidade Nova de Lisboa

A instituição suspendeu o ensino prático clínico de Medicina que leve alunos aos hospitais, bem como eventos públicos não científicos no perímetro da Universidade. Segundo o plano de contingência da instituição, as viagens ao estrangeiro vão ser minimizadas e as aulas vão ser substituídas por conteúdos e-learning.

Universidade de Coimbra

Em comunicado , a Universidade de Coimbra anunciou a suspensão - por um período de, pelo menos, 15 dias - de todas as atividades letivas presenciais, todos os eventos científicos, culturais e desportivos e as deslocações profissionais ou académicas no país e no estrangeiro.

Universidade Lusíada - Norte

A Universidade anunciou que vai suspender, até sexta-feira, as aulas e o atendimento ao público no campus de Famalicão. No campus do Porto, vão ser canceladas todas as atividades de extensão universitária. No que diz respeito à Universidade Lusíada de Lisboa, devem "cancelar a realização de todos os eventos científicos e outras atividades de extensão universitária", lê-se na nota.

Universidade do Minho

Após um aluno ter sido infetado com o novo coronavírus, a Universidade do Minho decretou a suspensão das atividades letivas presenciais em todos os polos, tanto em Braga como em Guimarães. Segundo o despacho do reitor, os serviços de bibliotecas e unidades alimentares também vão ser encerrados.

Instituto Politécnico do Porto

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico do Porto anunciou, em comunicado , o encerramento das atividades, por tempo indeterminado, em todas as instalações em que decorrem aulas.

O presidente da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo também informou sobre a suspensão das atividades letivas e consequente impossibilidade do uso e frequência das instalações da escola.

Universidade do Porto

As aulas da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto estão suspensas e todos os estudantes estão interditos de circular no edifício do Hospital de São João. De acordo com a declaração , também foram suspensas as atividades de formação - aulas, estágios e visitas de estudo - com a participação de profissionais do Centro Hospitalar Universitário de São João.

As instalações partilhadas do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP) vão permanecer encerradas até 20 de março, lê-se na nota.

As restantes instalações da Universidade mantém-se abertas em atividade regular, até novas indicações.

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD)

Segundo o despacho do reitor, a Universidade, em Vila Real, vai suspender todos os eventos e atividades desportivas da responsabilidade da academia, bem como as deslocações em serviço para países afetados pelo surto de Covid-19.

Universidade dos Açores

Com polos em São Miguel, Terceira e Faial, a Universidade dos Açores decidiu adiar, por tempo indeterminado, os congressos, workshops, seminários ou outros eventos públicos científicos ou culturais que acontecem na instituição. De modo a cumprir com o Plano de Contingência , a academia proibiu a entrada nas residências universitárias a qualquer pessoa que se desloque para o arquipélago proveniente de outros países e regiões sem que tenha cumprido um período de quarentena.

Instituto Superior de Ciências Educativas do Douro (ISCE)

Entre dia 10 e 23 de março, o ISCE vai suspender as aulas presenciais e, de acordo com o ​​​​​​ comunicado , as atividades vão ser dinamizadas através da plataforma do Instituto - Blackboard - de modo a minimizar os impactos negativos que a medida possa causar na comunidade académica.

Instituto Politécnico de Viana do Castelo

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo suspendeu a edição 2020 do evento Cimeiro IPVC e anunciou ainda que vai adiar a feira de emprego, que decorria em simultâneo, no dia 18 de março, e que previa a participação de mais de 10 mil visitantes.

Instituto de Estudos Superiores de Fafe

Em comunicado , o Instituto de Estudos Superiores de Fafe informou o encerramento das instalações e a suspensão de atividades presenciais - durante duas semanas - por razões preventivas, numa medida que abrange 900 alunos.

Cooperativa de Ensino Superior Egas Moniz

Apesar de não existirem casos confirmados, a Direção da Egas Moniz anunciou, no despacho , a suspensão de todas as aulas e deslocações nacionais e internacionais, em especial às regiões onde existe transmissão ativa do coronavírus, até dia 23 de março.

Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU)

Como medida preventiva , o Conselho de Administração da CESPU vai suspender as atividades letivas dos estabelecimentos do ensino superior e locais de estágio.

Instituto Politécnico de Leiria

A Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Leiria vai suspender, por tempo indeterminado, todos os cursos em funcionamento e todas as atividades de ensino clínico / educação clínica. De acordo com o comunicado , "os estudantes devem aguardar instruções do coordenador de curso pelas unidades curriculares sobre a reformulação das atividades letivas a realizar nas unidades curriculares em causa".

Universidade de Évora

A Universidade de Évora ativou o Plano de Contingência e adiou, até dia 22 de março, todos os eventos marcados para os espaços da instituição. As visitas ao Colégio do Espírito Santo e ao Centro Interativo de Arqueologia também estão canceladas, até dia 30 de março.

Instituto Politécnico de Beja

O Politécnico de Beja decidiu, segundo o despacho , suspender eventos e iniciativas públicas sob a responsabilidade do Instituto, quer sejam em locais abertos ou fechados, com exceção das atividades letivas.

Universidade de Aveiro

A Universidade de Aveiro anunciou as medidas de contenção do Covid-19 e vai suspender a realização de todos os eventos e iniciativas públicas, nacionais e internacionais, que estão previstas para a instituição, entre os dias 10 e 27 de março, assim como todas as deslocações de estudantes e professores para áreas com transmissão comunitária ativa do coronavírus.

Universidade Católica Portuguesa no Porto

Todos os eventos públicos ou eventos de massas foram cancelados na Universidade Católica Portuguesa, até indicações em contrário. Nas recomendações , desaconselham ainda o acesso a áreas de atendimento ao público, como biblioteca, serviços académicas, tesouraria e reprografia.

Escola Superior de Enfermagem do Porto (ESEP)

A ESEP anunciou, em dois comunicados , a suspensão de atividades extracurriculares - como a Tuna académica e a praxe - e atividades de estágios ou ensaios clínicos.

Para além das instituições de Ensino Superior, também já foram fechadas todas as escolas dos concelhos de Lousada e Felgueiras, no distrito do Porto. Duas escolas em Portimão - Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes e Escola Básica Professor José Buisel - e duas escolas em Lisboa - Escola Secundária da Amadora e Escola Básica 2,3 Roque Gameiro - também se encontram encerradas.

Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)

A instituição informa que "em resultado do cumprimento do plano de contingência do ISPA, tendo em conta a situação epidémica do Covid-19, e de forma a amenizar o risco de contágio", o conselho de administração e a reitoria do ISPA suspenderam as atividades letivas presenciais até ao dia 24 de março.

"Foi também decidido proceder à alteração do calendário letivo, sendo um novo divulgado oportunamente pelo Conselho Pedagógico do ISPA, bem como as condições pedagógicas e técnicas de reforço da componente de ensino à distância, no período em que se verificar a suspensão da atividade presencial", adianta.

Universidade Lusófona

Além das aulas, ficam também suspensas as provas académicas, o atendimento presencial e quaisquer eventos científicos, culturais e desportivos.

Instituto Politécnico do Cávado e do Ave

Segundo o comunicado emitido pela direção do instituto, no IPCA, não existem casos de infeção registados entre os membros da comunidade académica. No entanto, de forma preventiva, até dia 20 de março não haverá aulas.

Última atualização às 19h54 de 10 de março

LEIA AQUI TUDO SOBRE O SURTO DE COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de