Coordenador da task force quer dar uma "última pancada" ao vírus e sai em defesa da DGS

Vice-almirante Gouveia e Melo destacou o objetivo de chegar às 120 mil pessoas vacinadas por dia.

A task force quer os portugueses todos vacinados contra a Covid-19 até ao final do verão. Uma meta estabelecida pelo vice-almirante Gouveia e Melo, no final de uma visita ao centro de vacinação de Viseu.

"A ideia é até ao fim de agosto dar praticamente todas as primeiras doses e depois até ao fim de semana as segundas doses e livrarmo-nos deste vírus", afirmou.

Em declarações aos jornalistas, o coordenador da task force defendeu que a população não pode dar férias ao vírus, isto numa altura em que muitos portugueses tiraram alguns dias de descanso.

"Precisamos de ter portugueses prontos para serem vacinados, não estou a dizer que há um drama. Continuamos a vacinar a um ritmo superior a 80 mil pessoas por dia, mas queremos atingir ritmos de 120 mil pessoas por dia, porquê? Porque queremos dar a última pancada a este vírus, queremos encurralá-lo num canto para ele não poder condicionar a nossa sociedade", sustentou.

Este fim de semana começa a vacinação dos jovens de 16 e 17 anos. Nos fins de semanas seguintes, 21 e 22 e 28 e 29 de agosto, começam a ser imunizados os jovens dos 12 aos 15 anos. O agendamento começa esta quinta-feira. A Direção-Geral da Saúde só ontem recomendou a vacinação dos mais novos. Gouveia e Melo saiu hoje em defesa da DGS.

"Fez muito bem em aproveitar todo o tempo que tinha para poder decidir na forma mais correta, com a maior quantidade de dados possível e isso foi feito e [de forma] independente decidiram e está bem decidido e vamos pôr em execução a decisão", atirou, rejeitando que a autoridade técnica seja "pressionada".

O coordenador da Task Force apelou ainda aos pais das crianças para vacinarem os filhos, lembrando "que não ser vacinado é ser infetado com o vírus".

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de