Covid-19 atinge novo máximo, genoma do monkeypox sequenciado em Portugal e outros destaques TSF

A escalado de contágios por SARS-CoV-2 em Portugal e o anúncio do INSA de que conseguiu sequenciar o genoma do vírus monkeypox estão entre as notícias que marcaram a tarde informativa.

Portugal é o país da União Europeia com mais novos casos de infeção por SARS-CoV-2 por milhão de habitantes nos últimos sete dias e o segundo no mundo neste indicador.

A Agência Europeia de Medicamentos admite que, "se a situação epidemiológica atual mudar e surgirem novos sinais" no outono, poderá ser necessário recomendar para toda a população uma quarta dose de vacina contra a Covid-19 adaptada.

Foi chumbada a proposta do PAN de atribuir uma licença menstrual para quem sofre de "dores graves e incapacitantes durante o período menstrual".

Portugal foi o primeiro país a sequenciar o genoma do vírus monkeypox, parente do vírus que causa a varíola e na origem de um recente surto que afeta vários países onde a infeção não é endémica.

Já o Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças recomenda às autoridades sanitárias nacionais que se "concentrem na identificação, gestão, rastreio de contactos e notificação de novos casos de varíola dos macacos".

Demitiu-se o conselheiro da Rússia nas Nações Unidas, Boris Bondarev. O russo, que trabalha para o Kremlin há 20 anos, disse que nunca teve "tanta vergonha do seu país como tem desde 24 de fevereiro" e descreve a invasão da Ucrânia como "o crime mais grave contra o povo da Rússia".

O Ministro das Finanças desvaloriza a conclusão da Comissão Europeia sobre os "desequilíbrios macroeconómicos" da economia portuguesa, dizendo que o governo tem as situações devidamente identificadas.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras anunciou um reforço do número de inspetores nos aeroportos nacionais, motivo porque solicitou o apoio da Polícia de Segurança Pública

Mark Zuckerberg, cofundador do Facebook, foi processado esta segunda-feira pelo procurador de Washington, Karl Racine, por fraude e violação de leis de defesa do consumidor, no âmbito do caso Cambridge Analytica, empresa que usou indevidamente dados recolhidos pela plataforma.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de