Covid-19: central nuclear de Almaraz vai adiar o próximo reabastecimento

A central nuclear de Almaraz situa-se a cerca de cem quilómetros de Portugal.

A central nuclear de Almaraz, em Cáceres, Espanha, anunciou que vai atrasar o início do próximo reabastecimento da Unidade I até que as condições sócio-sanitárias geradas pela epidemia de Covid-19 o possibilitem.

"O objetivo é limitar ao máximo o impacto do atraso na recarga", explicaram à agência noticiosa espanhola EFE fontes da central nuclear de Almaraz.

Esta recarga da Unidade I, que estava prevista para dia 29 de março, foi reagendada para 14 de abril, dia em que será conduzida uma "operação de menor alcance" para reabastecer a referida unidade.

Tendo em consideração a atual situação de alerta provocada pela pandemia Covid-19, as autoridades responsáveis pelo funcionamento da central nuclear garantiram ainda que foi desenvolvido um plano de medidas adicionais às usualmente adotadas neste tipo de procedimentos, com especial incidência no reforço da segurança de todos os profissionais e das instalações.

A central nuclear de Almaraz situa-se a cerca de cem quilómetros de Portugal, numa das margens do rio Tejo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de