Covid-19: Número de mortos do lar de Minde, Alcanena, sobe para 10

Testes realizados há uma semana revelaram um total de 158 infetados, 111 utentes e 47 trabalhadores.

O número de mortos por covid-19 do Centro de Bem Estar Social de Minde subiu para 10, havendo 102 utentes e 47 funcionários infetados, disse hoje a presidente da Câmara de Alcanena, distrito de Santarém.

Numa mensagem vídeo, Fernanda Asseiceira (PS) lamenta o número de mortes registadas até ao momento, manifestando a sua solidariedade para com as famílias, instituição e funcionários e apelando a todos os munícipes para que cumpram estritamente as recomendações da Direção Geral da Saúde.

Sublinhando que o concelho se encontra entre os classificados como de risco extremamente elevado, devido ao número de infetados no lar de Minde, a autarca disse esperar que os testes que serão realizados na próxima quarta-feira na instituição venham a permitir "contabilizar todos como recuperados".

O surto, que começou no início do mês, depois de uma idosa ter sido submetida ao teste ao SARS-CoV-2 quando foi internada no Centro Hospitalar do Médio Tejo, revelou, nos testes realizados há uma semana, um total de 158 infetados, 111 utentes e 47 trabalhadores, havendo na altura dois mortos.

Durante o passado fim de semana ocorreram mais três óbitos, tendo morrido mais cinco pessoas durante esta semana, a última das quais na noite de quinta-feira para hoje.

De acordo com a autarca, há ainda 14 pessoas internadas.

Segundo os dados divulgados hoje pelo Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo, o concelho de Alcanena tem 296 casos e 143 recuperados.

Portugal contabiliza pelo menos 4.276 mortos associados à covid-19 em 285.838 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 09 de novembro e até 08 de dezembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23:00 e as 05:00, enquanto nos fins de semana e feriados a circulação está limitada entre as 13:00 de sábado e as 05:00 de domingo e entre as 13:00 de domingo e as 05:00 de segunda-feira.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de