Crise no Governo após polémica com aeroportos, lugar de Pedro Nuno Santos em causa e outros destaques TSF

Esta quinta-feira, António Costa revogou o despacho publicado na quarta-feira sobre a nova solução aeroportuária para a região de Lisboa, primeiro no Montijo e depois para a solução definitiva, em Alcochete.

A atualidade desta quinta-feira fica marcada pela revogação de António Costa do despacho publicado na quarta-feira sobre a solução aeroportuária para a região de Lisboa. O primeiro-ministro reafirmou que quer uma negociação e consenso com a oposição sobre esta matéria.

A TSF apurou ainda que António Costa desconhecia o despacho do Governo para avançar com uma solução dupla para o novo aeroporto de Lisboa. O primeiro-ministro, que está em Madrid na Cimeira da NATO, foi apanhado de surpresa.

Ao longo da manhã, os partidos foram reagindo à notícia da revogação do despacho para a construção de dois aeroportos na margem sul de Lisboa, no Montijo e, depois, com a solução permanente em Alcochete. A polémica esteve em debate no Fórum TSF, com a Iniciativa Liberal, Chega e PCP a criticarem a forma de atuação do ministro das Infraestruturas. No Parlamento, os restantes partidos também reagiram ao tema.

Apesar de alguma expectativa para a intervenção de António Costa no final da Cimeira da NATO, o primeiro-ministro recusou-se a comentar o caso que envolve o ministro das Infraestruturas e da Habitação, afirmando que não fala no estrangeiro de política nacional, e que o comunicado emitido sobre o assunto traduz a sua opinião.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de