Descoberta estufa de canábis com mil metros quadrados na Maia

A plantação estava instalada no interior de uma estufa com 1000 metros quadrados. Dois homens e uma mulher foram detidos.

A PSP/Porto anunciou esta terça-feira a detenção de três pessoas suspeitas de se dedicarem ao cultivo, colheita e comercialização ilícita de droga, nomeadamente canábis, em Matosinhos e na Maia, no distrito do Porto.

Em comunicado, a força policial explicou que os suspeitos agiam de "forma organizada", utilizando para o efeito uma estufa interior com cerca de 1.000 metros quadrados de plantação.

No decurso da operação, que decorreu na segunda-feira, os agentes policiais apreenderam cerca de uma tonelada de plantas e folhas de canábis em diferentes estados de maturação, material de cultivo, colheita e acondicionamento de droga.

Foi também apreendido material relacionado com sistemas de rega, aquecimento e ventilação, dos quais se destacam 600 lâmpadas térmicas, 500 balastros elétricos e cerca de 10 mil ventiladores.

Além disso, e ainda no decorrer das buscas domiciliárias e não domiciliárias, foram apreendidos 3000 euros e um carro.

Os suspeitos, dois homens e uma mulher, tem idades entre os 35 e 50 anos.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados