BCG e Covid-19? "Não há motivo para alterar recomendações" de vacinação

Questionada sobre o acesso à vacina da BCG, Graça Freitas garante que "não há motivo para alterar as recomendações para o programa de vacinação"

A Direção-geral da Saúde (DGS) garante que não há motivo para alterar o programa de vacinação para garantir maior acesso à vacina da BCG. Na conferência de imprensa diária sobre a pandemia de covid-19 em Portugal, a diretora-geral da DGS considerou que não há provas sobre a eficácia da vacina contra a tuberculose no combate à pandemia.

"Não há motivo para alterar as recomendações para o programa de vacinação", garante Graça Freitas sobre a vacina BCG

"Há algumas informações, com grau de robustez muito ténue, que a vacina pode ter algum grau de influência na SARS-COV-2. Mas, como digo, com grau de robustez muito ténue. Por isso não há motivo para alterar as recomendações para alterar o programa de vacinação", acrescenta.

"Como sabemos o nosso país atingiu valores de incidência da tuberculose que nos permitiram descontinuar a vacinação universal - para todas as crianças - e centrarmo-nos na vacinação de crianças em risco até aos seis anos de idade", explica a diretora-geral da Saúde.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de