DGS vai emitir novas recomendações para eventos de massas

Graça Freitas recorda que o país vive uma nova fase da pandemia, com um conhecimento mais profundo do vírus.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) está a criar uma nova proposta para os eventos de massas. Graça Freitas lembra que "estamos numa nova fase da pandemia", o que torna relevante um novo conjunto de regras.

"Temos de emitir uma orientação diferente, que será um referencial. Depois adaptaremos às diversas situações epidemiológicas", disse na habitual conferência de imprensa da DGS.

Graça Freitas reconheceu que o número de casos está a aumentar em Portugal, mas considera que essa é uma "situação controlada".

A diretora-geral da Saúde admitiu ainda que não tem indicação de que existam casos com origem em grandes aglomerados de pessoas. "Não temos conhecimentos de cadeias ou de casos diretamente associados a eventos de massas até à data", garante.

Portugal confirmou esta quinta-feira 1878 mortes devido à Covid-19, mais três do que no último boletim epidemiológico. O número de pessoas infetadas pela doença é agora 65.626, mais 605 do que nas últimas 24 horas.

O país conta ainda com 290 surtos de infeção ativos. Na região Norte são 146, 95 em Lisboa e Vale do Tejo, 20 no Centro, 17 na Região Autónoma dos Açores e 11 no Alentejo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de