Diretora da Segurança Social de Setúbal demite-se após polémica com vacinas

Funcionários do centro distrital de Setúbal foram vacinados contra a Covid-19.

A diretora do Centro Distrital de Setúbal do Instituto da Segurança Social (ISS), Natividade Coelho, apresentou esta sexta-feira um pedido de "cessação de funções" que já foi aceite Conselho Diretivo do Instituto da Segurança Social.

Num comunicado enviado às redações, o Instituto da Segurança Social (ISS) adianta que esta demissão "produz efeitos na próxima segunda-feira".

O ISS iniciou, esta quinta, "um processo de averiguações urgente" com o objetivo de apurar o que levou à "vacinação de funcionários no Centro Distrital de Setúbal e eventuais responsabilidades", na sequência de uma notícia divulgada pela SIC sobre a alegada vacinação indevida de 126 funcionários.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) tinha confirmado esta sexta-feira à agência Lusa a vacinação de 126 pessoas do Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal (CDSSS), que integravam uma lista de que também fazia parte a diretora Natividade Coelho e diretores de unidade e de núcleo.

"A aplicação do Plano de Vacinação contra a covid-19, em especial a vacinação de residentes e profissionais de lares, envolve diversas entidades", esclareceu a ARSLVT, adiantando que o ACES Arrábida (Agrupamento de Centros de Saúde Arrábida) "recebeu a listagem onde constava o nome da instituição, bem como o número de pessoas a vacinar, tendo, assim, vacinado 126 pessoas da referida instituição, no dia 21 de janeiro".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de