Doentes graves estão a aparecer. "Não pode haver festas de S. João e de Sto. António"

Miguel Guimarães defende que, em municípios como Lisboa e Braga, as festas populares devem ser travadas, numa altura em que os internamentos começam a exercer alguma pressão sobre os hospitais, que tentam recuperar os cuidados não-Covid.

O crescimento do número de casos e de internamentos devido à Covid-19 é motivo de preocupação, de acordo com a Ordem dos Médicos, que frisa a necessidade de travar as festas dos Santos Populares, em concelhos como Lisboa e Braga, que não vão avançar para a próxima etapa de desconfinamento.

No Fórum TSF, o bastonário da Ordem dos Médicos alertou para a crescente necessidade de aumentar os espaços hospitalares para tratar doentes com Covid-19. Embora considere que a situação está longe de ser crítica, Miguel Guimarães assinala o risco de outros tratamentos terem de ser preteridos. "Por exemplo, antes de ontem, o Hospital Beatriz Ângelo [em Loures] já dedicou mais uma enfermaria a doentes Covid", aponta.

"A resposta existe, não estamos numa situação crítica. Estamos longe de estar numa situação crítica, mas nós temos mais doentes graves com Covid, e os doentes graves estão a aparecer."

Miguel Guimarães lembra que também há "doentes que já foram vacinados e que também estão internados", e explica a gestão em meio hospitalar: "Temos um problema, que é: de cada vez que eu tenho uma enfermaria com doentes Covid, eu não posso ter lá doentes não-Covid. À medida que vais tendo mais doentes internados com Covid, vais tendo menos capacidade de resposta aos doentes não-Covid."

"Estamos numa fase crítica na recuperação de muitos milhares de doentes que ficaram para trás", garante o bastonário, numa altura em que, nas últimas duas semanas, o número de internamentos em Lisboa duplicou. O bastonário da Ordem dos Médicos deixa ainda uma chamada de atenção, que espera que surta uma mudança de atitudes. "Não podemos facilitar. Não pode haver as festas de São João e de Santo António, claro que não pode."

LEIA TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de