Dois bombeiros morrem em despiste quando se deslocavam para combater incêndio

O ministro da Administração Interna já lamentou as mortes dos operacionais da corporação de Vinhais. Acidente fez mais dois feridos.

Dois bombeiros da corporação de Vinhais morreram esta quinta-feira na sequência de um despiste. O acidente, que fez ainda mais três feridos, ocorreu quando os operacionais se deslocavam para o combate a um incêndio.

"Foi com profunda tristeza que tomei conhecimento da morte da Bombeira de 2.ª Neuza Guedes, de 36 anos, e do Bombeiro de 3.ª Carlos Morais, de 22 anos, do Corpo de Bombeiros Voluntários de Vinhais, vítimas de um acidente de viação durante o trânsito para um teatro de operações de incêndio rural", lê-se num comunicado do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

O governante apresenta as condolências em nome do Governo à família das vítimas, amigos e à corporação de bombeiros. Na nota, Eduardo Cabrita deseja ainda a "plena recuperação" dos três bombeiros que ficaram feridos, um deles com gravidade.

"Relembro ainda com gratidão, neste momento de consternação para todos os portugueses, a forma altruísta, profissional e sempre abnegada com que milhares de bombeiros integram diariamente este esforço nacional de defesa da floresta contra os incêndios", conclui.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de