"É importante vacinar os jovens. Agora é que vamos ver se a culpa do contagio é deles"

Este fim de semana, de 21 e 22 de agosto, decorre a vacinação de utentes de 12 a 15 anos, em regime de agendamento e casa aberta.

Alexandra Borlido e a filha Mariana de 15 anos, foram este sábado das primeiras a entrar no Centro de Vacinação de Viana do Castelo, que conta com uma longa lista de agendamentos até às 20h00. Cerca de 900 jovens dos 12 aos 15 anos, marcaram tomar a vacina e alguns formaram fila, antes das 09h00, junto ao pavilhão desportivo de Meadela, onde está instalado o centro. E onde cerca de 25 profissionais de saúde e 20 funcionários municipais, que dão apoio à logística, estão a assinalar a Romaria d'Agonia com adereços, lenços e t-shirts alusivos à festa.

Mariana de poucas palavras, mostrava tranquilidade. A mãe também calma, comentou: "Não tem medo de agulhas. Nunca teve". E destacou o agendamento ágil da vacinação da filha.

"Calhou bem vir já hoje, porque eu tenho de trabalhar e marcaram mesmo para a data em que a inscrevi", disse, referindo: "Estou satisfeita que ela se vacine já. É importante porque a gente ouve constantemente dizer que a culpa [dos contágios] é dos jovens e eu não sou nada apologista disso. Agora vamos ver como corre e quem é que está enganado".

Na fila à primeira hora estava também o pai Evaristo Barreto com os filhos Joel de 14 anos e Mariana com 12. No sábado anterior já ali tinha estado com o filho mais velho de 17. "É importante que se vacinem. Só faltavam eles na família", afirmou.

Este fim de semana, de 21 e 22 de agosto, decorre a vacinação de utentes de 12 a 15 anos, em regime de agendamento e casa aberta. No Centro de Vacinação de Viana do Castelo, segundo informação avançada no local, registou um número de agendamentos superior ao habitual. No passado sábado, a vacinação de jovens de 15 e 16, arrancou com 600 marcações.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de