Incêndio no Túnel João XXI em Lisboa causado por falha no sistema de controlo elétrico

O incêndio obrigou ao corte de trânsito no túnel de Lisboa.

O trânsito no túnel da Avenida João XXI em Lisboa esteve cortado nos dois sentidos, na manhã de sexta-feira, devido a um incêndio num posto de transformação. Sabe-se agora que a ocorrência teve origem numa falha no sistema de controlo elétrico.

"Concluída a avaliação preliminar sobre as causas do incêndio no túnel da Avenida João XXI, e que levaram ao encerramento desta infraestrutura, a CML [Câmara Municipal de Lisboa] vem por este meio comunicar que a avaliação efetuada pelas equipas técnicas do municípios, coordenadas pelo Serviço Municipal de Proteção Civil, apontam para uma falha no sistema de controlo elétrico que faz a transição da energia da rede com a energia produzida pelo grupo gerador, em caso de falha da rede, como aconteceu esta manhã", avança a câmara de Lisboa em comunicado.

A EDP esclareceu, durante a tarde, que o gerador que entrou em curto-circuito não pertence à empresa. "O gerador que terá estado na origem do incêndio ocorrido no túnel da Av. João XXI, em Lisboa, não pertence à rede da EDP Distribuição", lê-se em comunicado enviado às redações.

Até que "estejam repostas todas as condições de segurança, o túnel continuará encerrado", lê-se na nota da autrquia

Por outro lado, a EDP informou que o fornecimento de energia, na zona do Campo Pequeno, está a ser restabelecido com "recurso a central móvel".

Em declarações à TSF, o subintendente Virgílio Sá, da divisão de transito da PSP, explicou que o "muito fumo" que se fazia sentir dentro do túnel motivou a evacuação.

O incêndio não causou feridos, confirmou à TSF fonte dos Sapadores Bombeiros de Lisboa, e foi extinto pouco depois das 10h00.

As equipas operacionais da EDP vão manter-se no terreno até que a avaria esteja totalmente reparada.

Notícia atualizada às 20h34.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de