Elvira Fortunato vence prémio internacional que distingue trabalho de mulheres

Prémio será atribuído, esta sexta-feira, na "Global Summit of Women", em Lisboa.

Elvira Fortunato é a vencedora do "Portugal's Women's Leadership Award". A investigadora portuguesa foi reconhecida pelo seu trabalho pioneira na área da Ciência e da tecnologia, adianta a Universidade Nova de Lisboa.

O prémio, que tem como propósito distinguir mulheres, em todo o mundo, que se destacam em diversas áreas, será entregue esta sexta-feira, na "Global Summit of Women", em Lisboa. O evento é organizado pelo The GlobeWomen Research and Education Institute, uma organização não-governamental sediada em Washington D.C., nos Estados Unidos da América.

"É com grande satisfação que recebo este prémio internacional. Além do reconhecimento do trabalho que tenho desenvolvido ao longo dos anos na área dos materiais sustentáveis onde se inclui a eletrónica de papel, é também uma forma de promover a igualdade de género", declarou a laureada, Elvira Fortunato, citada pela Universidade Nova de Lisboa.

Elvira Fortunato, de 57 anos, é considerada a "mãe" do transístor de papel. É professora na Faculdade de Ciências e Tecnologia e vice-reitora da Universidade Nova de Lisboa, com mais de 500 publicações científicas e perto de duas dezenas de prémios e distinções internacionais

Em 2010, foi condecorada com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, o Navegador, pelo Presidente da República, devido às suas conquistas científicas, e, em 2015, foi encarregada de presidir à Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas.

Desde 2016, pertence ao Grupo de Alto Nível para o Mecanismo de Aconselhamento Científico da Comissão Europeia e, em 2020, venceu o Prémio Horizon Impact Award 2020 atribuído pela Comissão Europeia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de