Em Torres Vedras vigiam-se praias... de parapente

Vigiar praias não acontece já só por terra. Três pilotos de parapente associaram a arte de voar à vigilância aérea nas praias do litoral de Torres Vedras.

Sobrevoam arribas, praias não vigiadas e até identificam "agueiros, que ao nível da água não são percetíveis e que a sobrevoar de parapente se consegue definir muito bem", contou o piloto de parapente João Belo em entrevista à Lusa.

O projeto "Alerta e Vigilância em Parapente" arrancou este ano e surgiu após João Belo ter sido premiado pelo município de Torres Vedras por ter alertado as autoridades que estava uma vítima caída numa arriba.

O projeto vai durar quatro anos e está integrado no programa "Praia Segura".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de