Escravatura, tráfico de pessoas e imigração ilegal. PJ investiga queixas em Odemira

A polícia estará agora na fase de recolha de provas e tudo indica que se tratam de casos avulsos e de pequenas redes criminosas.

A Polícia Judiciária está a investigar várias queixas de tráfico de pessoas, auxílio à imigração ilegal e escravatura na zona de Odemira. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo jornal Público.

De acordo com o jornal, a polícia está agora na fase de recolha de provas e tudo indica que se tratam de casos avulsos e de pequenas redes criminosas.

Este domingo, no final de uma reunião da taskforce do concelho para a situação sanitária, o presidente da Câmara Municipal, José Alberto Guerreiro, sublinhou que que denunciou suspeitas deste tipo "há cerca de dois anos". O autarca já foi, inclusive, ouvido pelas autoridades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de