"Eu própria ia para lá viver." Presidente da Câmara enaltece vista de bairros sociais de Almada

Inês Medeiros considerou, em contexto de reunião camarária, que Almada tem o "privilégio de ter bairros sociais em espaços absolutamente maravilhosos".

Inês de Medeiros, presidente da Câmara Municipal de Almada, elogiou a "vista maravilhosa" dos bairros sociais do concelho, numa reunião pública na segunda-feira. "Eu própria ia para lá viver amanhã", completou ainda a autarca socialista.

O registo do momento está disponível no YouTube, já que a reunião camarária foi transmitida em streaming. O comentário surge no seguimento do debate suscitado pelos vereadores em torno dos planos de construção, "sobretudo de privados", destinados a Porto Brandão, em Almada - os quais merecem pareceres favoráveis de Inês Medeiros. A esquerda opõe-se a estes planos, devido à possibilidade de "valorização" da zona, que agravará os valores das rendas.

As afirmações da autarca socialista estão a gerar controvérsia, sobretudo após a partilha de Joana Mortágua, na rede social Twitter. A deputada do Bloco de Esquerda, que é também vereadora na Câmara Municipal de Almada, partilhou um vídeo de 29 segundos em que Inês Medeiros afirma: "Almada tem este privilégio de ter bairros sociais em espaços absolutamente maravilhosos, com uma vista invejável. Eu devo dizer que qualquer bairro social da margem norte tem inveja."

Entre risos, a autarca acrescentou: "Eu própria iria viver para o bairro Amarelo, com aquela vista maravilhosa." Em seguida, a autarca de Almada discorre sobre o que considera ser um "privilégio" específico do concelho de Almada, no qual não é visível "um sistema de guetização, que nós sabemos que é muito prejudicial", devido, de acordo com Inês Medeiros, aos esforços da tutela camarária para promover a "mistura social, para bem de todos e para os direitos de todos".

Joana Mortágua manifestou-se no Twitter com uma crítica ao comentário da socialista, referindo que "a presidente da Câmara de Almada acha que os moradores dos bairros sociais são uns privilegiados pela "vista-rio" e até diz que não se importava de mudar para o Bairro Amarelo".

A vereadora e deputada atira ainda: "Isto enquanto justifica a aprovação de um hotel de 5 estrelas no Porto Brandão. Qualquer comentário é redundante." A TSF tem tentado contactar a autarca de Almada para comentar as críticas que lhe são dirigidas, mas, até ao momento, sem sucesso.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de