Ex-padre em prisão preventiva por suspeitas de violar mulher em Murça

O crime aconteceu no dia 21 de dezembro durante uma sessão de exorcismo

Um antigo padre de 82 anos foi detido esta quinta-feira em Murça, distrito de Vila Real, por suspeitas de violar uma mulher de 47, tendo sido presente a tribunal e ficado em prisão preventiva, adiantou à Lusa fonte da Polícia Judiciária.

Segundo a fonte, a violação terá acontecido a 21 de dezembro em Murça durante a realização de uma sessão de exorcismo.

"Aproveitou-se da fragilidade e vulnerabilidade da vítima de 47 anos", considerou a PJ de Vila Real.

Depois de ter sido detido esta manhã, o antigo padre foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal, ficando a aguardar julgamento em prisão preventiva, medida de coação mais gravosa.

Este homem já havia sido detido, noutras ocasiões, nomeadamente em Fátima, por factos semelhantes, avançou a PJ.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de