"Expectativa" de imunidade de grupo no verão, inéditos de Marte e outros destaques TSF

Coordenador da task force aponta à aceleração da vacinação já no segundo trimestre do ano.

É, para já, uma expectativa, mas Portugal pode atingir a imunidade de grupo à Covid-19 em agosto deste ano. Os dados foram deixados, esta segunda-feira, pelo coordenador da task force de vacinação, vice-almirante Gouveia e Melo, na reunião do Infarmed. Começa tudo já no segundo trimestre, quando se espera haver "uma concentração de vacinas" que aumente a velocidade de vacinação para "cerca de cem mil inoculações por dia".

Depois da esperança, a perseverança. Neste caso, o Perseverance. As imagens da aterragem do aparelho da NASA em Marte foram reveladas esta tarde. Há pó, há muitos tons de terra e há um contacto bem-sucedido com a superfície do planeta vermelho. Mas também há som. Está tudo aqui:

Mas, na Terra, a luta contra a pandemia não pode parar e foi dia de saber como está a correr em Portugal. Os dados são, aparentemente, positivos. Comecemos pelo boletim epidemiológico: foram 61 novas mortes e apenas 549 novos casos.

O apelo ao uso da máscara parece ser uma aposta ganha. Carla Nunes, da Escola Nacional de Saúde Pública, deu conta de que mais de 90% dos portugueses usam máscara ao sair de casa. Neste momento, "já não é um desafio".

Estar na cauda da Europa também pode ser uma coisa boa. Portugal tem o índice de transmissibilidade (Rt) mais baixo dos países europeus, o que significa que a pandemia está a abrandar. Mas, como avisou Baltazar Nunes, "nada é adquirido".

A descida do risco de infeção também se espelha no mapa de Portugal. Por esta altura, há apenas 15 concelhos em risco extremo. Conheça-os aqui:

O dia fica também marcado pela paragem cardiorrespiratória do guarda-redes de andebol do FC Porto e da seleção portuguesa, Alfredo Quintana. O atleta de 32 anos estava a treinar quando tudo aconteceu e está agora internado no Hospital de São João.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de