Explosão em moradia da cidade da Guarda faz três feridos

A origem da explosão está a ser investigada por elementos da PSP que se encontram no local.

Uma explosão ocorrida esta segunda-feira na cave de uma moradia, na cidade da Guarda, causou um ferido grave e dois ligeiros, disseram à agência Lusa fontes da proteção civil e dos bombeiros.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o alerta para a explosão, possivelmente de uma botija de gás, foi dada pelas 14:59, para o Bairro das Lameirinhas, naquela cidade.

O comandante dos Bombeiros Voluntários da Guarda, Paulo Sequeira, disse à agência Lusa que "à partida" tratou-se de uma explosão de uma botija de gás, na cave de uma moradia de três pisos, "que provocou danos na estrutura do edifício" e também danificou alguns edifícios vizinhos e viaturas.

O responsável adiantou que dois pisos da vivenda ficaram "inabitáveis", pelo que, no local, estão elementos da proteção civil municipal que equacionam o realojamento da família ou o seu acolhimento temporário em casa de familiares.

Paulo Sequeira referiu que a explosão causou um ferido grave, que sofreu queimaduras, e dois ligeiros, que foram transportados para o serviço de urgências do Hospital Sousa Martins, naquela cidade.

A origem da explosão está a ser investigada por elementos da PSP que se encontram no local, disse.

Deslocaram-se ao local 16 elementos e oito viaturas dos Bombeiros Voluntários da Guarda, da PSP e da proteção civil municipal, segundo o CDOS.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de