Fatura da água vai descer em Lisboa para 32 mil famílias

Executivo municipal estima uma redução média de dez euros por mês no preço da fatura.

A câmara municipal de Lisboa aprova, na próxima quinta-feira, a descida automática da tarifa social para famílias mais carenciadas, uma das medidas previstas no acordo de governação PS/BE.

Em declarações à TSF, o vereador dos Direitos Sociais, Manuel Grilo, explicou as pessoas com baixos rendimentos "vão ter um desconto muito significativo na água, saneamento e resíduos" que pode atingir os 65%.

O executivo municipal estima que o desconto seja, "em média, de 10 euros por mês" e, uma vez que o universo de aplicação desta tarifa é o mesmo da tarifa social da eletricidade, a redução de preço deve chegar a "32 mil agregados familiares".

Manuel Grilo desvaloriza o impacto que a medida, uma vez que não será "muito significativo" para o orçamento da câmara de Lisboa nem para o da EPAL, que vai suportar "a maioria dos custos".

"Ainda poucos concelhos têm esta tarifa social automática", nota o vereador, que espera que a medida seja aprovada no dia 18 de março.

Segue depois um pedido à Direção-Geral das Autarquias Locais para que inicie os procedimentos necessários para efetivar este apoio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de