Federação Nacional dos Sindicatos de Professores prepara propostas para o próximo Governo

A FNE deixou críticas à tutela por ter adiado o descongelamento total das carreiras dos professores.

A Federação Nacional dos Sindicatos de Professores (FNE) está a preparar propostas para melhorar o sistema educativo. A organização quer entregar as soluções ao próximo Governo.

João Dias da Silva, secretário-geral da FNE, explicou à TSF que, antes do arranque da campanha eleitoral, a federação quer ouvir os projetos para a educação propostos por todos os partidos.

"No dia 3 de setembro, vamos fazer uma sessão com os partidos políticos, em que estes terão a oportunidade de apresentar as suas propostas, e confrontá-los com as propostas da FNE", assinalou.

Numa segunda instância, "imediatamente depois das eleições e formação do novo Governo, a FNE apresentará a matéria respeitante à conclusão do processo de recuperação do tempo de serviço congelado", acrescentou João Dias da Silva.

A recuperação do tempo de serviço dos professores é umas das razões que levam a FNE a fazer um balanço negativo do ano letivo e da legislatura que está a terminar. João Dias da Silva lamenta que o Governo tenha adiado para os proximos anos decisões determinantes para a carreira dos professores: "Deixou o trabalho de casa para o próximo Governo." João Dias da Silva considerou que o atual Executivo se limitou "a sacudir a água do capote".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de