Governo garante que já autorizou contratação de 78 profissionais para o IPO de Lisboa

Finanças acrescentam que a autorização para a contratação de pessoal foi dada a 6 de julho. O IPO diz à TSF que só depois da notícia desta manhã foi informado desta decisão.

O Ministério das Finanças garante que já autorizou a contratação de 78 profissionais de saúde para o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa.

Numa resposta enviada à TSF, fonte oficial do gabinete do ministro João Leão diz que não tem nenhum pedido pendente. A mesma fonte acrescenta ainda que a autorização de contratação de pessoal foi dada a 6 de julho.

À TSF, o IPO de Lisboa revelou que ainda não tinha chegado a autorização para a contratação dos profissionais de saúde. Mais tarde, o IPO acrescentou que só esta manhã, depois da notícia da TSF, foi informado da decisão do Governo - que já tinha dado ordem para a contratação de trabalhadores.

O IPO alertou que a escassez de pessoal pode levar à suspensão de tratamentos de radioterapia.

O atraso no processo de recrutamento de novos profissionais de saúde para o IPO de Lisboa já levou os partidos a reagirem. O PCP e o Bloco de Esquerda manifestam preocupação em relação à demora na contratação de novos profissionais para o IPO de Lisboa.

Os comunistas questionaram o Governo, no mês passado, quando a TSF avançou a notícia da saída de 50 profissionais do Instituto Português de Oncologia. A deputada Paula Santos conta que recebeu garantias dos ministérios da saúde e das finanças de que o problema seria resolvido.

Também o Bloco de Esquerda, pela voz do deputado Moisés Ferreira, lembra que o partido tem defendido a autonomia das instituições, nas contratações, sem terem de ficar à espera do que chama de "cascatas" de autorizações.

À TSF, a Liga Portuguesa contra o Cancro considera que é urgente resolver a falta de físicos médicos e afirma que a falta destes técnicos no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa não é caso único.

Notícia atualizada às 11h52

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de