Fogo obriga a corte da A25 e atinge três viaturas em aldeia da Guarda

A autoestrada que liga Aveiro a Vilar Formoso está cortada em ambos os sentidos desde as 18h00.

A autoestrada A25 está esta segunda-feira cortada ao trânsito entre Guarda e Celorico da Beira devido a um incêndio e três viaturas foram atingidas pelas chamas numa aldeia da Guarda, disseram fontes da GNR e da proteção civil.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, a autoestrada A25 (Aveiro/Vilar Formoso) está cortada em ambos os sentidos, entre os nós de Guarda e de Celorico da Beira, desde as 18h00.

O trânsito está a ser desviado pela Estrada Nacional 16.

Devido ao fogo, pelas 18h00, continuavam fechados à circulação rodoviária o troço do Itinerário Principal n.º 5 (IP5) entre Porto da Carne e Alvendre, e a estrada municipal que serve a freguesia de Alvendre e de acesso ao IP5, no sentido descendente.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à Lusa que as chamas atingiram três viaturas na passagem pela aldeia de Alvendre.

"Os proprietários [das viaturas] ausentaram-se e quando chegaram já tinham sido atingidas" pelo fogo, segundo a fonte.

O incêndio também esteve perto da aldeia de Carapito, próximo da cidade da Guarda, mas não atingiu habitações, disse.

Pelas 18:10, a fonte do CDOS da Guarda disse à Lusa que o incêndio que deflagrou às 14:15 continuava "ativo" e, devido ao vento que soprava com intensidade, o combate às chamas estava "complicado".

O fogo começou numa zona de mato, na zona da Quinta do Zambito, junto da cidade da Guarda.

Segundo o 'site' da proteção civil, pelas 18:30, estavam a combater as chamas 158 operacionais, auxiliados por 49 viaturas e sete meios aéreos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de