Frente Comum marca manifestação nacional para 20 de maio

Sindicato exige um aumento imediato de 90 euros em todos os salários.

A Frente Comum marcou para dia 20 de maio uma manifestação nacional dos trabalhadores da função pública. O secretário-geral, Sebastião Santana, esclareceu que essa é a forma de mostrar repúdio pela proposta do Governo de aumentar os salários dos trabalhadores do Estado em 0,9%.

"Entendemos que a proposta do Governo é absolutamente inaceitável e chamar-lhe proposta se calhar é um exagero. É uma imposição porque o Governo não está minimamente disposto a negociar, pelo menos até agora, a proposta de 0,9 que apresenta. Recusamos chamar sequer de aumento a esta proposta. É preciso lembrar que até ao final do ano os trabalhadores terão perdido 15,4% do seu poder de compra", explicou à RTP Sebastião Santana.

A Frente Comum exige um aumento imediato de 90 euros em todos os salários. Como a proposta do Governo não vai além de uma subida de 0,9%, o sindicato marcou para o dia 20 de maio uma manifestação nacional dos trabalhadores da função pública.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de