GNR de Aveiro deteta 58 pessoas em violação das medidas de confinamento

Condutores e passageiros foram apanhados a circular na autoestrada sem justificação válida.

O Comando Territorial de Aveiro da GNR detetou 58 automobilistas e passageiros em circulação nas autoestradas 1 (A1) e 29 (A29) em violação das medidas de confinamento impostas devido à Covid-19, anunciou este domingo esta força de segurança.

Em comunicado, a GNR refere que elaborou 58 autos de contraordenação "por incumprimento das medidas impostas no âmbito do Estado de Emergência, durante uma operação de fiscalização e sensibilização" realizada no sábado nas áreas de serviço de Antuã, na A1, e de Ovar, na A29, que liga Aveiro ao Porto.

Fonte da GNR explicou à agência Lusa que estes condutores e respetivos passageiros circulavam "sem uma justificação, de acordo com as exceções previstas" na lei.

"No âmbito da Operação "COVID-19 Recolhimento +", os militares da Guarda realizaram uma operação de fiscalização e sensibilização, com particular enfoque para o cumprimento das medidas decretadas no âmbito do estado de Emergência para o período da Páscoa, nomeadamente a proibição de circulação entre concelhos, bem como para a prevenção geral da criminalidade", indica o comunicado.

No decorrer da operação, que contou com a participação de 112 militares da GNR, foram ainda detidos três homens, dois por posse de arma proibida e um por falta de habilitação legal para conduzir.

Além disso, a GNR elaborou mais 168 autos de contraordenação, dos quais se destacam 16 por infrações relativas a tacógrafos e 15 por excesso de velocidade, e sete por consumo de estupefacientes.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de