GNR fiscaliza nos limites da Área Metropolitana de Lisboa

O ferry que liga Setúbal a Troia vai ser um dos pontos controlados este fim de semana, mas comboios e autocarros também vão estar sob a mira das forças de segurança.

Em mais um fim de semana com proibição de entradas e saídas da Área Metropolitana de Lisboa, as forças de segurança voltam a montar uma operação de segurança nos concelhos limítrofes deste território com o objetivo de fiscalizar o cumprimento da medida decidida em Conselho de Ministros.

No concelho de Grândola, e mais especificamente em Troia, a GNR está a fiscalizar quem queira atravessar o rio Sado, um movimento que permite entrar ou sair da Grande Lisboa. assim entrar ou sair da área metropolitana de Lisboa, como explicou à TSF o tenente-coronel Grazina Rodrigues, do Comando Territorial de Setúbal da GNR.

Este fim de semana, a travessia do Sado só é possível a quem se enquadre nos casos que estão previstos na lei. Exemplo disso é o caso de alguém que viva na zona de Troia: "Se não tiver um motivo que esteja enquadrado nas exceções do Conselho de Ministros, não poderá fazer [a travessia]. E o contrário também se aplica."

No último fim de semana a GNR esteve no terreno com uma operação da mesma natureza mas, pelos registos que daí saíram, "não houve um fluxo muito grande de pessoas" e o tenente-coronel Grazina Rodrigues adianta que "os cidadãos compreenderam a necessidade de cumprir com o que foi decretado", pelo que daí não saíram "recusas de passagem".

Esta semana, entre as exceções há uma novidade: a de, mediante apresentação de um teste antigénio ou PCR negativo ou do certificado digital de vacinação, poder circular-se. A GNR, garante o tenente-coronel, está preparada e os seus militares já receberam as instruções devidas.

Nas estações de comboio, por exemplo as de Grândola ou do Pinhal Novo, também vão existir fiscalizações, assim como nos autocarros.

Em suma, "qualquer ponto de onde as pessoas possam iniciar viagem ou chegar de viagem será alvo de controlo pelo Comando Territorial de Setúbal".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de