Governo define questionário sobre sintomas de Covid-19 para quem chega a Portugal

Questionários ainda não estão previstos como uma obrigação, mas decisão que repõe fronteiras diz que podem ser aplicados a quem atravessa a fronteira.

Depois de ter anunciado o regresso do controlo das fronteiras por causa do novo coronavírus, o Governo também "prevê" que "podem" ser introduzidos controlos sanitários à entrada do território nacional, assim como que seja solicitado o preenchimento de uma declaração com uma série de perguntas sobre saúde.

O formulário apresentado prevê não apenas o preenchimento dos dados pessoais, alojamento em Portugal e do veículo onde a pessoa chega, mas também questões sobre saúde.

Questões sobre se tem sintomas de Covid-19, nomeadamente febre, tosse, dores no corpo ou dificuldades respiratórias.

Por outro lado será preciso dizer quanto tempo a pessoa pretende ficar em Portugal, se esteve ou não numa área infectada pela doença (e qual) ou se esteve em contacto com alguém com os sintomas anteriores associados ao novo coronavírus.

Este questionário e os controlos sanitários estão previstos na resolução publicada esta segunda-feira que repõe, a título excecional e temporário, o controlo documental de pessoas nas fronteiras no âmbito da situação epidemiológica provocada pela doença Covid-19.

O Executivo diz que a decisão anterior deve ser necessária durante "pelo menos 30 dias, até 15 de abril, sem prejuízo da sua reavaliação no período de 10 dias".

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de