Governo faz apelo aos pais para que peçam livros gratuitos rapidamente

Ministério teme sobrecarga das livrarias no início do ano letivo.

O Ministério da Educação apela às famílias para que peçam o mais rapidamente possível nas livrarias os livros gratuitos a que têm direito no novo ano letivo.

Pela primeira vez, neste ano escolar 2019/2020 todos os alunos do ensino público obrigatório, do 1º até ao 12º ano, têm direito a manuais escolares gratuitos.

Agora, o Governo adianta, em comunicado, que a poucas semanas do início das aulas "a quase totalidade" dos vouchers para a sua compra já foram emitidos, mas "apenas metade foi resgatado pelos encarregados de educação".

Número que leva o Ministério da Educação a dizer que "reitera a importância de os vouchers serem resgatados logo que possível, para evitar maior sobrecarga e afluência às livrarias no início do ano letivo, bem como eventuais atrasos no acesso aos manuais escolares".

À excepção do apelo anterior, o mesmo comunicado garante que "apesar da sua complexidade a operação referente à medida implementada pelo Governo de gratuitidade dos manuais escolares, na sua relação com as livrarias, escolas e famílias, decorre globalmente de forma muito positiva".

Recorde-se que após pedirem os livros escolares na plataforma online MEGA os encarregados de educação recebem vouchers para levantamento desses mesmos manuais.

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de