Governo quer alterar lei da manifestação, reforço de vacinas no fim de semana e outros destaques TSF

Eduardo Cabrita argumentou que os adeptos do Sporting fizeram "uso manifestamente abusivo da figura do direito de manifestação", e prepara, com o gabinete do Ministério, uma alteração à lei.

O ministro da Administração Interna afirmou esta sexta-feira que houve, por parte dos adeptos do Sporting, um "uso manifestamente abusivo da figura do direito de manifestação".

Além disso, sublinhou que a PSP não autorizou os festejos da conquista do título do Sporting e que, por isso, não foram cumpridas as determinações do diretor nacional da PSP.

Já a ministra da Saúde, Marta Temido, admitiu que Lisboa pode estar a enfrentar o pico da pandemia, mas diz precisar de mais dados.

Ainda sobre a pandemia em Portugal, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, coordenador da task force, foi visitar um centro de vacinação, em jeito de agradecimento aos profissionais de saúde que estiveram a possibilitar "um ritmo extraordinário" no processo de vacinação, e revelou que Portugal vai receber mais vacinas da Janssen nos próximos dias.

Lá fora, o Reino Unido registou 51 870 novos casos, o valor mais alto desde 15 de janeiro, e 49 mortes de Covid-19 nas últimas 24 horas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de