Governo vai reabilitar cem quilómetros de rios e ribeiras

O ministro João Matos Fernandes explica, em entrevista à TSF, que as obras vão ser feitas apenas com métodos naturais.

O ministro do Ambiente vai assinar contratos com 18 autarquias para reabilitação de rios e ribeiras em vários pontos do país. De norte a sul vão ser recuperados sistemas hidrográficos num total de uma centena de quilómetros.

João Matos Fernandes explica, em entrevista à TSF, que as obras vão ser feitas apenas com métodos naturais: "Não vai haver aqui betão, estamos apenas a falar de utilizar métodos que só têm soluções naturais."

O governante adianta que foram já construídos "três laboratórios de rios - o primeiro em Mogadouro - para explicar o que é o entrançado, o que é colocar a estacaria, o que são os rolos de fibra de coco, tudo com métodos naturais que fazem com que os rios sejam muito mais vivos, com custos de manutenção baixíssimos, com a plantação também de muitas árvores e, portanto, com um grande ganho na qualidade da água, das massas de água".

O ministro do Ambiente adianta que os trabalhos passam muito pela recuperação das margens de rios e ribeiras criando áreas de lazer e assim evitar a poluição.

"É fundamental abrir estes espaços ao convívio das pessoas, porque a partir do momento em que isso acontece o prevaricador tem muito mais vergonha e tem muito mais cautela, porque estes espaços passam a ser espaços vivos, passam a estar na frente das preocupações e deixam de ser uma linha de água nas traseiras para o qual alguém pode poluir sem grande preocupação", sustenta.

As obras nestes 18 rios vão custar cinco milhões de euros e têm de ficar concluídas no espaço de um ano. Nos próximos cinco anos, o Governo quer recuperar mais 3900 quilómetros de cursos de água.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de