Gripe em queda, mas mortalidade nos mais idosos continua acima do esperado

No ano passado a gripe afetava, por esta altura, em Portugal, mais do dobro dos doentes.

Depois de duas semanas a subir, a taxa de incidência da gripe caiu na última semana, mas a mortalidades dos mais velhos contínua acima do esperado para a época.

É isso que revela o último boletim sobre a gripe do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Na última semana a taxa de incidência desceu para quase metade, de 56,24 para 32,11 por 100 mil habitantes, ou seja, uma atividade considerada baixa pelos especialistas.

Contudo, apesar de menos gripe o boletim acrescenta que a mortalidade está acima do esperado no grupo etário com mais de 85 anos e em algumas regiões.

Recorde-se que na semana passada a Diretora-Geral da Saúde (DGS), Graça Freitas, explicou à TSF que o tipo de vírus que está em circulação este ano tende a ter uma atividade gripal mais demorada e sem picos tão intensos como noutros anos.

Sobre o aumento da mortalidade na população mais idosa, a DGS também tem dito que é algo normal para a época.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de