Há 22 detenções por desobediência na segunda fase do estado de emergência

Foram encerrados 145 estabelecimentos por incumprimento.

As forças de segurança detiveram 22 pessoas por crime de desobediência desde o início da segunda fase do estado de emergência, a 3 de abril, decretado devido à doença Covid-19, informou esta segunda-feira o Ministério da Administração Interna (MAI).

No mesmo período, segundo um balanço divulgado em comunicado e com dados até às 17h00 desta segunda-feira, foram encerrados 145 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas.

Estes números juntam-se às 108 detenções por crime de desobediência e 1708 estabelecimentos encerrados por incumprimento na primeira fase do estado de emergência, que vigorou entre os dias 22 de março e 2 de abril.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 1,2 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 70 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito esta segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 311 mortes, mais 16 do que na véspera (+5,4%), e 11 730 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 452 em relação a domingo (+4%).

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de