Há falta de psicólogos no SNS. E quem sofre são "os mais desfavorecidos"

Bastonário da Ordem dos Psicólogos acusa António Costa de não ter cumprido a promessa de aumentar o número de psicólogos nos cuidados de saúde primários.

Portugal tem falta de psicólogos no Serviço Nacional de Saúde (SNS), alerta o bastonário da Ordem dos Psicólogos.

"É claramente uma falha que afeta os mais desfavorecidos", quem não têm meios para recorrer ao setor privado, diz à TSF Francisco Miranda Rodrigues.

No Dia Nacional do Psicólogo, o bastonário nota que "felizmente existem alguns motivos para festejar e para celebrar, mas também existem preocupações, problemas e obstáculos".

"Ao contrário do que disse o senhor primeiro-ministro nem todas as promessas foram cumpridas", condena. "Não houve um reforço dos psicólogos nos cuidados de saúde primários em Portugal."

Em período de campanha eleitoral, Francisco Miranda Rodrigues faz ainda um apelo aos líderes políticos: "Espero que a próxima legislatura - seja liderada por quem quer que seja - venha a corresponder a um investimento real nos psicólogos.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados