Há países a aligeirar restrições, campanha com canja no Porto e outros destaques TSF

Rui Rio quer, como aconteceu há 113 anos, ser um ex-presidente da câmara do Porto que chegou a primeiro-ministro.

Será hora de começar a preparar o pós-Covid? Dinamarca, Países Baixos, Irlanda, França e Malta querem voltar ao normal o mais depressa possível e alguns já começaram a facilitar a vida aos seus cidadãos.

No Porto, a partir de uma varanda, Rui Rio ouviu "é canja, é canja, o Porto é laranja!" Se é, ou não, terá de esperar até domingo para o saber, mas o líder do PSD já fez saber que quer repetir um episódio de 1909. Costa, do seu lado da barricada, mostrou-se surpreendido pelo que diz ser o levantamento das linhas vermelhas sociais-democratas face ao Chega.

LEIA AQUI TUDO SOBRE AS LEGISLATIVAS 2022

Um sismo de magnitude 4.1 na Galiza foi, esta quinta-feira, sentido em três concelhos portugueses, ainda que com pouco intensidade.

Em Portugal, já está aberto o autoagendamento da vacina de reforço contra a Covid-19 para todos os maiores de 18 anos.

O professor e investigador Tiago Correia considera, em declarações à TSF, considera que, apesar de elevada, a mortalidade "parece que é um não assunto em Portugal" e defende a necessidade de um estudo detalhado.

No plano económico, o ministério das Finanças anunciou que o défice português deve ficar abaixo da meta de 4,3%, uma melhoria face a 2020.

Por Lisboa, a Assembleia Municipal de Lisboa aprovou o primeiro orçamento da era de governação de Carlos Moedas.

A Agência Europeia do Medicamento aprovou a comercialização do Paxlovid, o comprimido desenvolvido pela Pfizer para combater a Covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de