Homem detido em Viana do Castelo por burla de 70 mil euros na Internet

O suspeito, em conjunto com o seu irmão, colocava anúncios de venda de motores em vários sítios online.

Um homem de 34 anos foi detido em Viana do Castelo, em 02 de janeiro, pela prática de vários crimes de burla qualificada através da Internet, no valor de 70 mil euros, foi anunciado esta segunda-feira. De acordo com Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, o suspeito, em conjunto com o seu irmão, colocava anúncios de venda de motores em vários sítios online.

As autoridades acrescentam que o homem, residente Viana do Castelo, é suspeito de ter cometido vários crimes de burla. Em finais 2018, o irmão do suspeito ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva pela prática do mesmo crime.

A PSP adianta que foram realizadas buscas domiciliárias na residência do detido, tendo-lhe sido apreendidas uma carabina de calibre 22, quatro munições do mesmo calibre e um silenciador, bem como "vários objetos relacionados com a atividade criminosa".

Com vários antecedentes criminais e com registo de condenações, o homem foi presente na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido decretada a medida de coação mais gravosa de prisão preventiva.

As autoridades referem ainda que admitem "ter acabado definitivamente com a promoção" da burla online, "acreditando que tenha um efeito dissuasor junto de potenciais suspeitos que tivessem intenções de promover ações deste cariz".

Para a PSP, este caso serviu para reforçar os níveis de segurança da população, nomeadamente aquela que explora o mundo digital. A operação da PSP contou com a colaboração do Comando Distrital da PSP de Viana do Castelo, bem como do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de