Incêndio destrói único restaurante da Ilha Deserta em Faro

Restaurante de madeira ficou reduzido a cinzas. Autoridades não descartam mão criminosa.

Um incêndio que deflagrou na noite de terça-feira na Ilha Deserta, em Faro, destruiu o único restaurante daquele local, confirmou à TSF o comandante da Zona Marítima do Sul, Fernando Rocha Pacheco.

De acordo com o comandante, as autoridades receberam o alerta pelas 23h00 de terça-feira e mobilizaram a Polícia Marítima e os Bombeiros Sapadores de Faro.

"O incêndio de grandes dimensões só foi dado como extinto às 3h30 e ainda decorrem as operações de rescaldo. Durante a madrugada foram utilizadas motobombas para tirar água da Ria Formosa de modo a apagar este incêndio.

O restaurante onde deflagrou o incêndio era uma construção de madeira, pelo que ficou completamente reduzido a cinzas. Tinha no seu interior três bilhas de gás que terão rebentado, uma vez que se ouviram várias explosões.

"O alerta foi dado pelo proprietário do estabelecimento, depois de um pescador ter avistado uma enorme bola de fogo a partir do mar, que também era visível quer o concelho de Faro, quer no de Olhão", conta Fernando Rocha Pacheco.

Não há registo de feridos, o restaurante estava fechado e ninguém vive na Ilha Deserta.

O comandante explica que causas que terão provocado o incêndio ainda estão por apurar, mas não está descartada mão criminosa já que não há motivo aparente para o fogo ter deflagrado num restaurante onde não havia ninguém. O caso foi entregue à Policia Judiciária.

Notícia atualizada às 7h55 de dia 3 de março

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de