Incêndio em Aljezur mobiliza mais de 180 bombeiros

Seis pessoas foram retiradas de suas casas. O fogo tem uma frente ativa.

Um incêndio em Aljezur, no Algarve, está a ser combatido por mais de 185 homens, apoiados por 65 viaturas.

Seis pessoas foram retiradas das suas habitações no Monte Clérigo, concelho de Aljezur, no Algarve, "por causa do intenso fumo" provocado por um incêndio, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

O alerta foi dado às 15h30. À TSF, Abel Gomes, segundo comandante do centro de operações de socorro de Faro, revelou que o fogo começou na localidade de Monte Clérigo, numa zona de mato.

O incêndio tem agora três frentes: "uma a oeste que está dominada, outra a este que está a ceder aos meios, e uma a sul, sendo esta última a que oferece maior preocupação".

Abel Gomes disse que os meios no terreno vão ser reforçados com uma equipa de ataque ampliado, proveniente de Lisboa, e com operacionais da AFOCELCA - um agrupamento complementar dos grupos Navigator e ALTRI, que com uma estrutura profissional tem por missão apoiar o combate aos incêndios florestais nas propriedades das empresas agrupadas, em coordenação e colaboração com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

De acordo com o segundo comandante operacional da Proteção Civil, Abel Gomes, o alerta para o fogo foi recebido pelas 15h27, sendo o vento um dos fatores de dificuldade no combate às chamas.

* Em atualização

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados