Incêndio em Vila Pouca de Aguiar ainda em curso. Mais de 350 operacionais no terreno

Oito aeronaves ajudam no combate às chamas no incêndio com frente de três quilómetros.

O incêndio que deflagrou na tarde de quarta-feira em Vila Pouca de Aguiar, em Vila Real, continua ativo e a ser combatido por mais de 380 operacionais, de acordo com a informação da página da Proteção Civil, consultada pela TSF às 15h50. A apoiar o combate a este fogo, que tem uma frente de três quilómetros, estão 116 viaturas e oito aeronaves.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), cerca de 70 concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Guarda, Coimbra, Santarém, Castelo Branco, Portalegre e Faro apresentam esta quinta-feira perigo máximo de incêndio rural.

O IPMA colocou também vários concelhos de todos os distritos de Portugal continental em perigo muito elevado e elevado de incêndio rural.

Segundo o Instituto, o perigo de incêndio rural vai manter-se elevado em algumas regiões do continente pelo menos até segunda-feira.

Para esta quinta-feira, o IPMA emitiu um aviso amarelo até às 21h00 para o distrito de Faro por causa do tempo quente.

Notícia atualizada às 15h51

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de