Incêndio na Guarda obriga ao corte da A25 e da EN16. Mais de 300 bombeiros no combate às chamas

Incêndio começou numa zona de mato na freguesia da Arrifana pelas 12h20 deste sábado.

O incêndio que deflagrou às 12h21 no concelho da Guarda continua ativo e obrigou ao corte da circulação da Autoestrada 25 (A25), nos dois sentidos, entre os nós da da Arrifana e de Pínzio. Encerrada à circulação está também a Estrada Nacional número 16 (EN16) que liga estas duas localidades, no concelho da Guarda, adiantou à TSF fonte do Comando Distrital de Operações e Socorrro (CDOS) da Guarda.

A medida foi tomada por causa da aproximação do incêndio que consome mato desde o meio-dia.

A mesma fonte revelou também à TSF que o combate às chamas está a ser feito de forma favorável.

O incêndio mobilizava, às 21h55, 322 operacionais, apoiados por 106 viaturas, numa altura em que os meios aéreos já foram desmobilizados.

O fogo continua a progredir em zona de mato, não ameaçando casas ou povoações. Não há feridos a registar e, até ao momento, também não foi necessário deslocar populações das suas casas.

O incêndio começou numa zona de mato na freguesia de Arrifana, no concelho da Guarda, às 12h21.

Durante a tarde, uma viatura dos bombeiros ficou inoperacional, após ter sido atingida pelas chamas, não se registando qualquer ferido no âmbito dessa ocorrência.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de