Incêndio com duas frentes em Paços de Ferreira preocupa autoridades

Fogo está a ser combatido por mais de cem operacionais e três aeronaves.

Um incêndio que deflagrou cerca das 12h30, em Meixomil, Paços de Ferreira, está a motivar preocupação por estar próximo de uma zona industrial, confirmou em direto na TSF o vice-presidente da câmara com o pelouro da Proteção Civil, Paulo Ferreira.

"Temos duas frentes de incêndio", detalhou o autarca, que falou de "vento com picos de intensidade", o que é um outro foco de preocupação.

Pelas 16h05 a situação ainda não estava controlada e adivinhavam-se "várias horas" de combate num concelho que já atingiu um pico de temperatura de 37 graus Celsius.

As chamas estão próximas de zonas residenciais e industriais, mas a logística no terreno está "pronta e preparada para, numa fase inicial, controlar o incêndio e depois aplicar a fase de rescaldo".

"Estamos preocupados, mas estamos naturalmente convictos e confiantes no trabalho dos nossos bombeiros", garantiu.

Não há, para já, necessidade de retirar populações das suas casas, mas as equipas da Proteção Civil municipal estão prontas para o fazer em caso de necessidade. Não foram também registados danos materiais.

Às 16h20, de acordo com a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil estavam no terreno 129 operacionais, apoiados por 33 veículos e três aeronaves.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de