A13 cortada devido a fogo em Miranda do Corvo

Circulação está cortada entre o nó de Almalaguês e Coimbra.

O incêndio que lavra hoje em Miranda do Corvo, no distrito de Coimbra, obrigou ao corte da Autoestrada 13 (A13), entre o nó de Almalaguês e Coimbra, disse à agência Lusa fonte autárquica.

À TSF, o presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo explicou que está preocupado com a aproximação do fogo a uma aldeia.

"Está a dirigir-se com grande intensidade para a aldeia de Tremoa, que nos está a preocupar. Vamos ver se, durante a noite, se consegue dominar, é uma área enorme", reconheceu o autarca. Não houve, até ao momento, necessidade de retirar pessoas das suas casas.

O acesso à frente do fogo é complicado, uma vez que o incêndio lavra em "terreno muito inclinado e floresta densa".

O corte da A13 foi provocado por uma projeção para o concelho de Coimbra, mas cuja resolução deverá estar para breve.

De acordo com a página na internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, pelas 00h20 o incêndio estava a ser combatido por 577 operacionais, apoiados por 171 viaturas.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de